Pular para o conteúdo principal

Operação com 125 policiais prende 20 suspeitos de integrar Máfia do Cigarro,tambem em BVMS

Operação desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) e Corregedoria da Polícia Militar prendeu 20 suspeitos de facilitar o contrabando de cigarro no Estado. Batizada como Oiketicus (nome científico do insento apelidado de bicho-cigarreiro), a ação ocorreu nesta quarta-feira em 16 cidades de Mato Grosso do Sul e envolveu 125 policiais militares, além de nove promotores.
Segundo divulgou o Ministério Público do Estado, apenas um dos 20 mandados de prisão preventiva não foi cumprido. Nenhum dos presos teve o nome divulgado, porém o Campo Grande News apurou que um deles é o policial militar Alisson Almeida, que em março deste ano se envolveu em confusão com policiais rodoviários federais em Dourados – a 233 quilômetros de Campo Grande.
Segundo o Gaeco, um mandado de prisão temporária e 45 mandados de busca e apreensão foram cumpridos na ação. Dentre os policiais militares presos, estão praças e oficiais. Segundo MPE, eles atuam na facilitação do contrabando de cigarros.
Preso em operação sendo escoltado por agente do Gaeco na frente da Corregedoria da PM (Foto: Fernando Antunes)Preso em operação sendo escoltado por agente do Gaeco na frente da Corregedoria da PM (Foto: Fernando Antunes)
Os mandados tiveram como alvo as residências e locais de trabalhos de todos os investigados, distribuídos nos municípios de Campo Grande, Dourados, Jardim, Bela Vista, Bonito, Naviraí, Maracajú, Três Lagoas, Brasilândia, Mundo Novo, Nova Andradina, Japorã, Guia Lopes, Ponta Porã, Corumbá e no Distrito de Boqueirão, em Jardim.
Após os depoimentos e exame de corpo de delito, todos serão encaminhados ao presídio militar de Campo Grande. 
“Oiketicus” faz alusão às lagartas desta espécie que constroem uma estrutura com seda e fragmentos vegetais, com o formato semelhante a um “cigarro” alongado, e serve para a sua proteção. Popularmente, elas são chamadas de bicho-cigarreiro.
Sequestro e propina – Episódio descoberto no dia 1º de dezembro do ano passado, envolvendo a cobrança de R$ 150 mil para liberar carga de cigarro contrabandeado avaliada em R$ 1 milhão, colocou sete militares do 10º Batalhão da PM de Campo Grande na mira da Corregedoria, que também está à frente da operação de hoje. O Campo Grande News foi o primeiro a divulgar o ocorrido.
Preso sendo levado para presídio militar por policiais do Batalhão de Choque (Foto: Fernando Antunes)Preso sendo levado para presídio militar por policiais do Batalhão de Choque (Foto: Fernando Antunes)
Em 22 de dezembro, o juiz da Auditoria Militar, Alexandre Antunes, recebeu a denúncia do Ministério Público contra o terceiro sargento Alex Duarte de Aguir, de 38 anos, os cabos Rafael Marques da Costa, de 28 anos, Eduardo Torres de Arruda, 37 anos, João Nilson Cavanha Vilalba, 40 anos, Felipe Fernandes Alves, 31 anos, e os soldados Lucas da Silva Moraes, 28 anos, e Walgnei Pereira Garcia, de 34 anos.
Baseada na investigação da Corregedoria, feita com apoio do Gaeco, ainda segundo apurou o Campo Grande News, a denúncia da promotora Renata Ruth Fernandes Goya Marinho indica que os policiais usaram uma viatura da corporação para sequestrar o motorista de um caminhão-baú carregado de cigarros vindo do Paraguai, por volta das 9h do dia 1º de dezembro.
O motorista ficou em poder dos policiais até 19h40 daquele dia quando foi armado um flagrante, com a colaboração de um homem chamado Fábio Garcete, que já foi preso por contrabando de cigarros e denunciou a cobrança para liberar a carga.
Movimentação de policiais militares do Batalhão de Choque em frente a corregedoria da PM nesta tarde (Foto: Marina Pacheco)Movimentação de policiais militares do Batalhão de Choque em frente a corregedoria da PM nesta tarde (Foto: Marina Pacheco)
Em abril deste ano, a Operação Homônimo, da PF (Polícia Federal) de Sorocaba e com mandados em Mato Grosso do Sul, prendeu Ednaldo Sebastião da Silva, apontado como um dos chefes de quadrilha de cigarreiros que atuam no Estado e em outras localidades.
Negócio milionário – Segundo a Receita Federal, o contrabando de cigarros corresponde a cerca de 75% de todo o valor apreendido ano passado no Estado.
Nas unidades da Receita Federal que atuam na fronteira de MS com o Paraguai, o volume apreendido vale cerca de R$ 367 milhões. Segundo o delegado Marcelo Rodrigues, auditor fiscal em Ponta Porã , o montante ainda está subestimado devido a problemas internos do órgão que dificultaram o registro das operações. O valor pode ultrapassar R$ 400 milhões.

reporter Guilherme Henri

Postagens mais visitadas deste blog

CLA$$IFICADOS BVMS

Vende-se terreno 15 m de frente com 60 m de fundo,com alicerce para casa de 5 peças,com muro e cercados de madeira.Rua Benjamin Constant baixada Fluminense  Bela Vista MS valor 30 (trinta mil reais) Interessados 67 99947 8116 ligue e faça um bom negócio,perto de bancos,escola e igreja.99947 8116 Indique comprador e ganhe comissão.


ULTIMAS POLICIAIS DE BVMS

Hoje (14.06), por volta das 05h10min, os Policiais Militares do 3º Grupamento de Boqueirão apreenderam mais 30kg (trinta quilos) de maconha e prenderam a autora do tráfico. Durante abordagens a veículos no perímetro urbano do Distrito, a equipe policial abordou uma Van intermunicipal que faz linha de Bela Vista a Ponta Porã. Ao proceder à vistoria nas bagagens, foi encontrado no interior de duas mochilas e uma mala, 46 tabletes de maconha. A equipe, então, localizou a proprietária das bagagens, uma mulher de 26 anos. A autora relatou a equipe PM que recebeu o entorpecente de um desconhecido, na cidade de Bela Vista, levaria a droga até São Paulo (SP) e pelo serviço receberia a quantia de R$ 1.000,00 (mil reais). Diante dos fatos, foi dada voz de prisão a autora, sendo encaminhada e entregue, juntamente com o entorpecente, na Delegacia de Polícia para procedimentos cabíveis. Após pesagem, totalizaram 30kg (trinta quilos) do entorpecente.

 Na madrugada de ontem (13.06), a ação conjunta…

Servidor Publico de Caracol é preso em BVMS

A Policia Civil de Bela Vista prendeu  sabado aqui em BVMS durante a Operação Casa Limpa junto com o Gaeco o servidor publico da Prefeitura de Caracol Antonio Marim que esta envolvido com trafico de drogas.

O outro elemento que foi preso pelo Gaeco em Caracol-MS  ainda não teve o nome revelado para a imprensa.

Hoje as 9:30 o Delegado Antenor Camargo Leme em uma coletiva de imprensa dará detalhes da ação da PC e Gaeco na operação de ontem,a Radio Bela Vista entrevistará o delegado ,fique ligado www.radiobelavista.com.br


Regimento Antonio João de aniversário em BVMS

O 10º Regimento de Cavalaria Mecanizado, Regimento Antonio João comemorou hoje sexta-feira (22) o seu 174º aniversário de criação e atuação em Bela Vista-MS. O prefeito Abraão Zacarias (PMDB) prestigiou o ato e recebeu o das mãos do comandante do Regimento Eduardo Papaléo Spangenberg Chaves uma recordação “Amigo do Regimento”.
A solenidade contou com a presença do general Carvalho, comandante da 4ª Brigada Mecanizada de Dourados, comandante do 10º RCMEC Eduardo Papaléo Spangenberg Chaves, comandante da Policia Militar Major Nelson dos Santos, prefeito de Antonio João Selso Lozano, vice-prefeito de Caracol Horácio Junior Godoy, presidente da câmara de Bela Vista Jair Bispo, chefe da receita federal Maria do Socorro e Dario de Souza, prefeito de Bella Vista Norte Paraguai Miguel Louteiro, padre Gian Luigi Aroffo, vereador de Caracol-MS Paulinho Pucheta, além de militares em atividade, aposentados da reserva e civis, amigos e familiares.
Durante a cerimônia aconteceu a formatura de anivers…

Aprovados em concurso convocados em Bela Vista-ms

A Prefeitura Municipal de Bela Vista-MS, está convocando os candidatos aprovados no ultimo concurso, para apresentarem no dia 13 de novembro de 2011, nos horários de 8 horas às 12 horas e das 13:30 horas as 15:30 horas, na Escola Municipal Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, situada na Rua Deputado Mario Van den Bosh nº 630, Centro em Bela Vista – MS. Anexos

Homens Mortos são do PCC,crimes ocorreram proximo a BVMS

A Policia Nacional ja identificou os mortos na Colonia Sargento Dure cerca de 4 km da area urbana de Bella Vista Norte Paraguai,trata-se de Sergio Ramão Vargas Ramos 38 anos de idade,vulgo Porcão e não Sergio Orlando de Oliveira este era documento falso,os matadores usaram fuzil calibre 7.62 e 5.56 para executa-los.


O outro morto no tiroteio é o tambem brasileiro Fabio Muniz de Souza que apos ser trazido aqui para o Hospital São Vicente de Paulo em BVMS não resistiu aos ferimentos e foi a obito,ja o filho de Sergio de 18 anos Fernando de Araujo Vargas foi ferido mas sobreviveu ao ataque que segundo a imprensa paraguaia foi praticado por 8 homens do Comando Vermelho que chegaram na propriedade de Porcão  em duas camionetes .


Os homens mortos seriam integrantes do Primeiro Comando da Capital,logo apos a PN começou as investigaçoes e prenderam um menor de 17 anos V.B.A e Diego Carneiro de 29 anos de idade,os demais continuam foragidos.



CLASSIFICADOS BVMS

CLA$$IFICADO$ BVMS.

Vende-se 4 capacetes, geladeira duplex 700, geladeira 100, fogão  100, tanque grande para lavar roupa 100, geladeira 300, fogão 4 bocas semi novo 300, cama Box casal 350, armário pia inox 150, gabinete de pia mármore 600 interessados rua General Soares da Rocha em frente ao hospital falar com Ramão Loureiro 9 9982 2866